Resenha: Shining Inheritance – Meu Dorama Favorito

. 4 Comentários .
In Dorama

Queridas Girafinhas,

Sinto muito por ter ficado ausente por duas semanas, não foi por falta de querer, mas de planejamento. Comecei a estudar no extensivo do ENEM e isso ocupou boa parte do meu tempo. E vou ser sincera, Shining Inheritance, também teve uma parcela de culpa pela me ausência. Enfim, resolvi que estar na hora de planejar o meu horário no blog e logo, logo irei avisar para vocês.

Era uma vez uma vida Social

Antes de começar a resenha decidi dar uma alerta a pessoas que estão disposta a assistir Shining Inheritance, a partir do primeiro capitulo der adeus a sua vida social. Enquanto estava em um desvaneio nostálgico, acabei matando minha saudade  da OST de Shining Inheritance cantada pelo K.Will. Vendo as cenas desse Dorama, aquela vontade de rever surgiu. Porém, nunca imaginei que iria ficar viciada como na primeira vez. Se antes tinha dúvida em saber qual era meu Dorama favorito, agora tenho certeza. É como se a historia me deixasse tão envolvida que não conseguisse pensar em outra coisa, senão nela (Não sou viciada, viu?)

Nome: Shining Inheritance
Gênero: Melodrama e Romance
Diretor: Jin Hyeok
Roteirista: So Hyeon-Kyeong
Ano: 2009
Emissora: SBS
Episódios: 28
Sinopse: A vida de Go Eun Sung é similar a da Cinderela. Depois que seu pai morre, sua madrasta toma todos os seus bens e seu irmão caçula Eun Woo, desaparece sem deixar pistas. Apesar disso não desiste e começa a trabalhar duro para realizar seus sonhos. Quando a presidente de uma empresa alimentícia, Jang Sook Ja, sofre de amnésia e não consegue se lembrar quem ela é, Eun Sung, a acolhe. O que ela não sabe é que a senhora, é a avó do Sun Woo Hwan, o rapaz com quem teve sua mala trocada no aeroporto e com quem vive brigando desde que conheceu. Com as brigas constantes desse dois irão levá-los a perceber que eles se importam mais um com o outro do que querem admitir?

O que falar de um Dorama que tanto amo? Não sei se essa vai ser a Resenha mais fácil ou a mais difícil de fazer. Primeiramente, sei que 28 capítulos assustam, mas isso é de menos comparado com o enredo tão envolvente. A historia consegue te prender do começo ao fim, além de nos ensinar uma lição tão valiosa.  A importância do trabalho duro e da humildade foram algo bem presente no roteiro e foram valores aprendidos pelos personagens.

Shining Inheritance tem um elenco de peso, que interpretaram bem seus papeis. Além disso, os personagens foram bem construídos e adorei acompanhar o amadurecimento deles. A mocinha foi extramente forte, por mais que levasse uma rasteira da vida não se deixava abater ou se fazia de vítima. Estaria mentido de dissesse que tudo estava perfeito, houve sim coisas que acabei não gostando. A facilidade das vilãs em arquitetar planos e a motivação delas, mas levando em consideração que se tratar de uma “novela” isso faz parte.

Go Eun Sung (Han Hyo Joo – W Two Word) tem sua vida mudada drasticamente depois que seu pai faleceu. Como se não fosse o bastante, sua madrasta rouba o dinheiro do seguro e deixa a jovem junto com seu irmão autista a mercê da sorte. Eventualmente, Go Eun Sung, perde seu irmão e mais tarde, enquanto tentava se sustentar, acaba encontrando uma senhora com amnésia. Essa senhora é ninguém menos que Jang Sook Ja dona da empresa alimentícia de prestigio. A família de Jang Sook Ja, vive a sua custa e gasta seu dinheiro sem se preocuparem com o amanhã. Seu neto, Sun Woo Hwan (Lee Seung Gi – You’re All Surrounded), vive arrumando problemas e pouco se importa com a empresa. Logo, a senhora quando recupera a memoria, decide recompensar sua salvadora e além de deixa-la mora em sua casa, a torna sua herdeira.

  

Go Eun Sung estudava no exterior e depois que voltou para a Coreia do Sul para uma visita sua vida começou a mudar. Primeiro de tudo, ela acaba trocando de mala com Sun Woo Hwan, um cara mimado e arrogante. Embora tente trocar as malas, Sun Wo Hwan não facilita para nossa mocinha, além de sempre acontecer algum desencontro. Esse problema é o de menos comparado com o que esta prestes a conhecer. A empresa do pai da Go Eun Sung estar prestes a falir, além disso é assaltado e tem seus documentos roubados. Na mesma noite, o assaltante morre em um acidente, mas por conta da documentação, seu pai é tido como morto. Sua madrasta querendo se livrar de Go Eun Sun e de seu irmão autista, dar uma pequena quantia em dinheiro para a jovem e a deixa a mercê da sorte.

A principal é muito forte e olha que o que ela passou não foi fácil. Muito apegada ao pai e ao irmão, foi doloroso perder-los e a atriz conseguiu expressar tão bem os sentimentos da personagem. Não digo isso, porque adoro a Han Hyo Joo, mas sua atuação estava realmente boa. Uma das coisas que adorei na personagem foi sua humildade e embora tenha nascido em uma boa família, quando a necessidade chegou soube por a mão na massa. Sua vida começa a entrar nos eixos, quando encontrou uma velhinha machucada. Mesmo estando em uma condição difícil, acolheu a senhora e cuidou dela até melhorar.

Essa senhora chama se Jang Sook Ja e estar cansada do descaso de sua família. Quando recupera sua memoria volta para casa e decide levar Go Eun Sun com ela. Querendo dar uma lição para sua nora e para seus netos, faz com que eles trabalhem na empresa para conseguir dinheiro, caso contrário terão de sair de casa. Além disso, muda seu testamento para sua herança vá para Go Eun Sun. Ah, já ia esquecendo. Seu neto é ninguém menos que Sun Wo Hwan. Tanto o rapaz quanto sua mãe e irmã passam a acreditar que a garota é uma golpista.

Eu adorei tanto essa senhora, pensa numa personagem arretada. Ela era trabalhadora e humilde, infelizmente o seus familiares não a puxaram. Sua maior prioridade era seus funcionários e estava disposta a ajudar-los.  Seu jeito sábio e durão de agir, foram motivos o bastante para admirar-la. Jang Sook Ja  se via na Go Eun Sun e confiava na garota, tanto que estava disposta a dar o seu proposito a ela.

Sun Wo Hwan foi a personagem que mais amadureceu na trama. No começo tinha um temperamento difícil e egocêntrico. Porém mudou no decorrer da trama. Até porque, depois que sua avó resolve colocar a família para  trabalhar, ele passa a ter uma nova visão sobre a vida. Além disso, sua colega de trabalho, Go Eun Sun,  sempre lhe puxava a orelha quando necessário e as verdades que ela  lhe jogava na cara, foram incentivos para que ele mudasse.

 

 

Esse foi o primeiro papel de Lee Seung Gi que vi e desde então adoro o ator. Não apenas pela sua atuação, mas pela sua personalidade, pois vendo-o em programas de variedades dar para ver o quanto é divertido.  Enfim, sobre o personagem, no começo seu jeito arrogante dava uma certa raiva e sua mudança foi bem evidente. Ver-lo tentar se adaptar a uma vida de assalariada também foi divertido, além de nos ensinar a valorizar o trabalho duro. A convivência com Go Eun Sun foi fundamental para mudar-lo, pois ela sabia dar uma baita bronca quando necessário. Nem precisa dizer que com o tempo, ele começa a gostar dela ou precisa?

Madrasta e sua filha malvadas

Sung Mi, irmã de criação de Go Eun Sun, conheceu Sun Wo Hwan quando mais nova e desde então nutre sentimentos pelo rapaz. É capaz de fazer qualquer coisa para conquistar-lo, até mesmo ir contra seus princípios. Quando descobre as maldades da mãe, no começo se opõem, mas logo se uni a ela, depois que ver que contar a verdade significa abrir mão do amor de Hwan. Na primeira vez que assistir, fiquei bem dividida em relação a essa personagem. Porém ao rever, já tenho uma opinião formada sobre ela. Não queria fazer maldades, mas também não fez muita coisa para parar a mãe. Sua obsessão pelo Hwan também foi motivo para não gostar dela, pois era como se não conseguisse viver sem ele. Fora que, estava esse tempo todo com ele e mesmo assim não foi pessoa de tentar fazer-lo melhorar.

Agora vamos falar da madrasta, uma verdadeira cobra e nunca tive tanto ódio de um personagem. Era sínica, gananciosa e manipuladora, fazia maldades em nome da filha e da ganância. O pior de tudo, era a sua mascara de boazinha e de boa mãe. Suas maldades variavam entre roubar o dinheiro do seguros e até abandonar uma criança autista sozinha. Não precisa nem dizer que era detestável.

Um Oppa maravilhoso

Esse foi o triangulo amoroso mais sofrido para mim. Não que eu tenha shippado errado como fiz em outros, mas Joon Park Se era tão bondoso, legal e companheiro que não tinha como não sofrer com ele. O personagem conheceu Go Eun Sun antes da vida dela virar uma bagunça e quando ela estava precisando ele a ajudou. O cara é difícil de existir na vida real, pois era tão perfeito, que meu Deus quero para mim (rsrs). Em nenhum momento ele se mostrou ser diferente de quem era e sempre estava disposto a fazer o que era certo.

Uma família mimada

Não apenas Sun Wo Hwan era mimado, mas toda sua família era assim, exceto a vovó. Quando a dona da casa decide colocar todo mundo para trabalhar na empresa, a irmã de Hwan foi mandada para um restaurante e sua mãe para a fabrica. Porém ambas não conseguiram aguentar o pique e para tentar reverter a situação, a mãe de Hwan passou a fazer os deveres de casa e a sua irmã passou a trabalhar no restaurante de Joon Park Se.

Casal

Eu particularmente amei o casal, pois os dois se completavam. Além disso, embora Joon Park Se fosse perfeito e tudo de bom, Hwan realmente mudou por Go Eun Sun. Dava para ver que o rapaz amava ela, tanto para acreditar nela, mesmo contra a palavra de uma amiga de tantos tempos. Além disso, não dar para negar que o casal tinha uma química e a maneira que o romance foi se desenvolvendo foi gostosa de acompanhar, haja visto que começou com uma rivalidade até virar afeição.

Conclusão

Shining Inheritance é um Dorama que guardo com carinho, não importa o quanto vejo sempre irei sentir a mesma sensação. Embora tenha 28 capítulos, foram todos gostosos e envolventes de assistirem, podia ter 100 que iria acompanhar do mesmo jeito. Amei o amadurecimento dos personagens e como eles passaram a encarar a vida. O final não foi perfeito, mas mesmo assim gostei, pois foi simples e tudo deu certo. Por fim, é uma historia que nos trás tantas lições para guardar consigo.

Onde ver

Animes Vision 

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    Jonas
    junho 1, 2017 at 2:06 pm

    Assisti esse dorama em 2014 no netflix. confesso que achei meio fraquinho os primeiros episodios, mas depois nem dormir eu queria mais, queria so assistir esse dorama. Também é meu favorito, e com ele comecei a ver outros doramas coreanos também.

    • Reply
      Ana Letícia
      junho 23, 2017 at 9:13 pm

      Foi exatamente isso que sentir. Sabe foi a primeira vez que fiquei tão viciada em uma historia, legal que ele tenha lhe incentivado a ver mais doramas coreanos

  • Reply
    Carolina Ferraz
    março 21, 2017 at 3:41 pm

    AAAA que resenha linda. Eu comecei a ver doramas recentemente mas esse negocio me pegou pelo coração e fiquei curiosa pra ver esse. Mais um na minha lista para ver [esse provavelmente fica pras férias por causa do cursinho kk] mas adorei sua resenha. E seu blog é lindo <3

    • Reply
      Ana
      março 22, 2017 at 11:44 pm

      Olá Caroline. Obrigada, espero que Shining Inheritance seja tão especial para você quanto foi para mim. ^-^

    Leave a Reply