3 Decepções Literárias

. 8 Comentários .

Olá Girafinhas

 

Sinto que finalmente estou pegando o jeito com fotografia e por isso estou dando uma ajeitadinha no Instagram, bora dar uma conferida? Acho que todo leitor já deve ter tido suas decepções, pode até ser difícil de acontecer, mas quando acontece dar aquela frustração, não é? Se não me falhe a memoria, isso aconteceu poucas vezes comigo, mas resolvi separar 3 dessas decepções e desabafar sobre elas. Não, não vai ser um post de ódio gratuito, pode relaxar, sou da paz!!

 

A Maldição do Tigre

 

Sabe aquela decepção difícil de superar? É a mesma coisa que descobrir que seu “Crush” é machista, dar aquela desilusão… Voltando ao tema, A Maldição do Tigre, foi um livro que estava ansiosa para ler. A trama tinha misturado duas coisas que amo, Monarquia + Índia = Príncipe Indiano. Claro que não foi apenas por isso que quis dar uma olhada na produção, já que a premissa era original e estava curiosa para saber como iria se desenvolver.

 

Até as primeiras paginas, estava seguindo uma boa leitura, porém com o passar dos capítulos a narrativa foi ficando cansativa. Talvez tenha sido algo pessoal, mas a história não conseguiu me prender ao ponto de ao menos terminar-la. Ainda mais depois de alguns spoilers que acabei descobrindo e que me deixou mais desanimada com o livro. Além disso, a personagem principal não conseguiu me cativar e foi difícil de engoli as atitudes dela.

 

O Reino das Vozes que não se Calam

 

Confesso que comprei o livro pela capa e também pelo fato de ser uma leitura nacional. Dos 3 que cito no post, esse foi o único que terminei e que há uma possibilidade de dar uma chance para a continuação. A verdade é que O Reino das Vozes que não se Calam não possui nada de original, por mais que se trate de um reino criado pelas autoras, não teve nada de novo ou que fosse abordado de forma diferente. Embora fosse uma leitura nacional, parecia uma historia de serie Teen americana e isso acabou me incomodando um pouco.

 

A leitura não é ruim, tem um toque casual e um bom fluxo, porém não é o tipo de narrativa que me agrada. Isso porque não sou chegada a drama adolescente e briguinhas de escola. Sem falar do perfil da personagem, uma jovem excluída, um pouco rebelde e alternativa, ou seja, estou saturada disso.

 

Desafio

 

Olha que ironia do destino, comprei O Reino das vozes que não se calam e Desafio na mesma época usando o dinheiro que ganhei do meu pai. Incrível como os dois livros acabaram entrando para minha Lista Negra. Desafio me deixou bem divida, pois teve elementos que gostei, mas por causa da narrativa repetitiva e pesada, acabei deixando de lado. Por mais que os personagens encontrassem uma solução, o vilão dava um jeito de fazer algo mais cruel e esses altos e baixos  (Mais baixos para ser exata) me deixou bem desapontada com a trama.

 

Além disso a mocinha era bem, bem, bem cabeça dura e agia mais por impulso. Em contra partida o mocinho era inteligente e único que conseguiu me cativar, porém não foi o bastante para me convencer a terminar a história. Para ser sincera, até iria terminar-lo, mas sabe quando a gente vai ver quantas paginas tem o livro e acaba lendo o final? Foi o que aconteceu e depois de me deparar com ele, percebi que não valia a pena continuar.

 

 

E ai o que achou? Que tal falar sobre suas decepções nos comentário?

 

You Might Also Like

8 Comments

  • Reply
    Grazy Bernardino
    agosto 9, 2017 at 6:41 pm

    Eu estou com um post no rascunho que é bem isso: li o livro julgando a capa. Ela é linda, toda diferentona mas o conteúdo eu odiei. O livro é “Bowie”, uma biografia do David Bowie, mas achei ela muito superficial. No BEDA ainda sairá essa resenha. Recebi o livro de uma ação da editora, então não me sinto tão prejudicada, kkk.
    Um beijo.

    • Reply
      Ana Letícia
      agosto 14, 2017 at 10:31 pm

      Olá Grazy, como vai? Quero ler esse post depois, adoro postagens nesse estilo. Ainda bem que você ganhou o livro, pois sabe, até hoje me arrependo de ter comprado Desafia (rsrs). Vou esperar pelo post, viu?

  • Reply
    aline
    agosto 6, 2017 at 4:06 pm

    Eu comecei a ler ” A Maldição do Tigre”, pois minha irmã ganhou da minha mãe, ai como na “época” nos não tínhamos muitos livros resolvi dar uma chance, mas sinceramente não gostei nada. Logo larguei a leitura, pois achei muito parada. Minha irmã continuou a leitura e concluiu a série, dai ela ficava comentando comigo as principais impressões e alguns acontecimentos importante do livro, o que me fez perceber que não perdi nada ao deixar o livro de lado. As atitudes dos personagens não me agradaram nenhum pouco. A capa é linda realmente, mas a história me parece bem chatinha mesmo.

    • Reply
      Ana Letícia
      agosto 14, 2017 at 10:26 pm

      Olá Aline. Foi exatamente assim comigo, comecei a lei, mas a historia foi bem parada, isso me deixou bem frustada e acabei largando o livro. Fora os spoilers que não ajudou muito. Obrigada pelo comentário.

  • Reply
    Rubyane
    agosto 5, 2017 at 11:40 pm

    AAAAAAAAAAH eu adoro posts assim!
    Não li nenhum desses livros, bom, nunca tinha ouvido falar de Desafio e os outros dois nunca me interessaram.
    É bem chato quando um livro nos decepciona, né? Sei bem como é isso. Esse ano já tive duas decepções, Coração de Tinta (que é um livro legal só que em momento algum prendeu a minha atenção) e Atrás do Espelho (eu adorei o primeiro livro da trilogia mas nesse segundo livro tudo me deixou irritada) x.x

    • Reply
      Ana Letícia
      agosto 14, 2017 at 10:28 pm

      Olá Ruby, tudo bem? Ainda não li nenhum dos dois que você disse, Coração de Tinta nunca me chamou atenção, pois a história não é muito meu estilo e não conheço Atrás do Espelho, mas sei bem como é esse sentimento, amo a trilogia A Seleção, mas A Elite me deixou bem irritada com as ações dos personagens.

  • Reply
    Barbara Bueno
    agosto 4, 2017 at 3:31 pm

    Oi
    Realmente capa podem ser eganadoras.Veja por exemplo os livros de Matematica
    Não li nenhum desses livros então não posso opiniar.
    Ja ouvi falar que “A garota submersa “da Darkside também é bem fraco , mas a capa é incrivel.

    Beijão

    Meu mundinho quase perfeito

    • Reply
      Ana Letícia
      agosto 4, 2017 at 7:57 pm

      Olá Barbara. Parando para pensar agora faz sentido, a capa dos livros de matemática da minha época eram tão divertidas que nem pareciam ser de matemática. Ainda não li A garota submersa, só sei que a Darkside faz edições incríveis

    Leave a Reply