Resenha: O Nevoeiro, mais uma decepção para lista.

. 3 Comentários .
In Serie

Olá, Girafinhas

Como foi o feriado de vocês? O triste de ser desocupada é que feriados não mudam nada em sua vida, mas… Certo dia vi no catalogo da Netflix a serie O Nevoeiro e só de saber que era baseada na obra de Stephen King, comecei imediatamente. Para ser sincera só terminei a serie porque queria fazer uma resenha sobre ela, pois motivos para desistir não faltaram. E não, não vou comparar a serie com o original, pois ainda não vi o filme e nem li o conto. Dessa forma, a resenha é focada apenas nessa produção, ok?

Nome: O Nevoeiro/ The Mist

Roteiro: Christian Torpe

País: EUA

Ano: 2017

Episódios: 10

Gênero: Suspense, Drama, Terror

Sinopse: Na trama, um grupo de pessoas fica preso dentro de um supermercado quando a cidade é coberta por um nevoeiro denso, no qual habitam várias criaturas monstruosas.

O Nevoeiro é uma serie fraca e infelizmente não cumpre com o prometido. A trama tinha tudo para dar uma sensação de beco sem saída e trazer aflição para nós, no entanto, em nenhum momento passou isso. Veja bem, as coisas se finalizavam fácil demais, quando algum personagem se metia em uma fria, já sabia que iria sair ileso. Não teve aquela tensão que a historia precisava. Assim como, os personagens foram construídos de forma rasa e alguns chegaram a ser insuportáveis.

Um nevoeiro misterioso começou a cobri uma cidade e nele se esconde criaturas estranhas. O sujeito que for envolvido com a nevoa, acaba tendo um morte horrenda.  A serie tem como principais a família Copeland, mãe e filha ficam presas em um shopping com outros moradores, enquanto o pai em meio a cidade busca salva-las ( Acho que já vi isso antes).

Na trama iremos acompanhar três grupos. O primeiro é o formado por Kevin, um pai amoroso que não consegue dizer não a filha (isso trás consequências ruins). Para ajuda-lo, ele liberta da cadeia dois presos, uma viciada e um saldado com amnesia . Assim como, tem o auxilio do melhor amigo da filha, Andrian. O segundo grupo é formado por moradores da cidade que ficaram presos no shopping, entre eles está Eve e Alex, esposa e filha de Alex. Em meio a esse isolamento, a convivência entre mãe e filha vai melhorando. Por ultimo e não menos importante, o grupo preso na igreja, no qual temos uma mensageira da natureza que tive vontade de matar aquela mulher de tanta raiva.

Da para perceber pelos cenários que O Nevoeiro prometia uma trama cheia de conflitos junto com o terror do nevoeiro, mas… Só conheci a escrita de Stephen King esse ano e sei que a serie não tem nem um terço da genialidade do autor. Veja bem, Stephen consegue trazer o medo nas pequenas coisas, sua escrita consegue mostrar que as pessoas podem ser mais cruéis que os monstros. Já na serie, as motivações e os atos de alguns dos personagens pareciam ridículas. Somente perto do final que podemos ver melhor mais do King e mesmo assim foi de maneira fraca e mau aproveitada.

 

Outra coisa que me incomodou muito, foi os efeitos especiais, pois não estavam críveis. Li que isso poderia ter sido proposital para trazer aquela sensação de filme antigo. Acho que a produção errou feio ao optar por isso. Afinal, antigamente aqueles efeitos poderiam convencer qualquer pessoa, mas hoje em dia chega a ser uma piada. Desculpa se estou um pouco venenosa escrevendo essa resenha, mas juro que estou sendo sincera ao expressar meu desapontamento com a serie. É uma coisa bem triste, ver uma historia que tinha tudo para dar certo, ser desperdiçada em meio à clichês e um roteiro mau escrito.

Conclusão

O Nevoeiro tem que ralar muito na próxima  temporada, isto é, se chegar a ganhar uma. A atuação não estava ruim como muita gente disso, achei mediana. Meu maior problema foi o roteiro que optou por clichês ao invés de trazer uma trama intensa e um tanto reflexiva. Logo que, a serie poderia ter abordado de forma melhor, a falta de empatia, a alienação da religião e a maldade do homem. Estes assuntos foram tratados de forma bem rasa e um tanto “sem graça”.

Nota

 

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Luiza Braz
    setembro 23, 2017 at 12:54 am

    A série eu nunca vi mas o filme é terrivel kkkk detestei o final, acho q nunca detestei tanto um final assim. Vou tentar ver a série.

  • Reply
    Luiz Alberto Portes
    setembro 22, 2017 at 10:59 pm

    Tenho lido e escutado muito sobre essa série. Sua análise realmente foi bem direta quanto a decepção que ela lhe trouxe. O que mais me incomodaria além da possível pobreza de conteúdo da série, seria comprovar a horrível condição dos efeitos especiais citada por ti. Vou refletir se assisto ou não. Valeu. 🙂

  • Reply
    Graciane
    setembro 21, 2017 at 3:35 pm

    Eu assisti o filme primeiro e estou no terceiro episódio da série e estou adorando!

  • Leave a Reply