Resenha: Princess Hours Thai

. 0 Comentários .
In Dorama

Olá Girafinhas

Sabe quando queremos escrever e as ideias não vem? Estou me sentido assim no momento, quero muito resenhar coisas para vocês e trazer conteúdos diversos, mas… Aceitando ideias e dicas, ok? Recentemente terminei Princess Hours, versão tailandesa de Goong. Vivo em uma relação complicada com a historia, haja visto que na mesma medida que a amo, eu a odeio. ( não sou bipolar, só confusa mesmo). É como Itazura na Kiss para mim, sei que vou passar raiva, mas já vi todo tipo de versão. Gente, tentei de todas as formas não comparar as duas versões, mas a coreana me marcou tanto que me pegava comparando-as sem querer.

Nome: Princess Hours Thai

Diretor:

País: Tailândia

Ano: 2017

Episódios: 20

Gênero: Comédia Romântica, Drama e Escolar

Sinopse: O trama ocorre em Bhutin, um país fictício. O Príncipe Herdeiro Inn e Kaning se casam devido a uma promessa entre as duas famílias. Antes de se casar com Kaning, o Principe Inn tinha uma namorada chamada Minnie . Ele a pediu em casamento, mas foi rejeitado por ela. Agora, a jovem se arrepende e quer o Príncipe Inn de volta. Além disso, a princesa da coroa  quer o trono de volta para seu filho, primo do príncipe Inn. Para isso, fará de tudo para manchar a imagem do casal.

Os spoilers serão sinalizados através do ~

Como Goong, Princess Hours, teve altos e baixos, pontos que se destacaram da original e pontos que não se destacaram tanto. A história segue uma linha bem diferente e isso lhe deixou com identidade própria. No entanto, foi uma versão menos realista, senti falta das aulas de “princesa”, quer dizer, teve na trama, mas não foram bem aproveitadas. Assim como, os secundários não tiveram o minimo destaque, apenas a vilã e um tantinho da família real, porém, os amigos do casal ficaram mais para figurantes. Em compensação, o casal teve mais cenas fofas juntos e diria que o roteiro optou por colocar mais romance.

Kaning, é uma jovem divertida e otimista, sua família está passando por dificuldades devido às dividas. Para sua salvação, seu avô havia feito uma promessa com o Rei, na qual, seus descendentes teriam de se casar no futuro. Agora, nossa heroína terá de se casar com o príncipe herdeiro, no entanto, ambos não tiveram uma boa primeira impressão. Para completar, a princesa exilada junto ao seu filho, farão de tudo para conseguir o trono de volta.

Imagem relacionada

Kaning é uma personagem maluquinha, está sempre – quase sempre- sorrido. Assim como, se importa com as pessoas ao seu redor. Não estava preparada para casar, mas fez esse sacrifício pela família. Como um espirito livre, ficar presa ao palácio foi aos poucos tirando as energias dela. No começo, não gostava do príncipe, pois antes disso, os dois tiveram um pequeno desentendimento. Aos poucos, com a convivência, Kaning passa a criar sentimos por ele.

Para ser sincera meu principal problema quanto a personagem, foi que ela não teve pulso. ~O cara fazia mil burradas e ela errou uma única vez e só faltou ser apedrejada. Minha filha, eu tinha aproveitado para jogar tudo na cara da família real e fazer um barraco estilo Casos de Família.

Resultado de imagem para princess hours thai gifs

O príncipe Inn me deixou com tanta raiva quanto na versão original e não consegui sentir algum carisma do personagem. Certo que quando tinha uma cena dele junto a Kaning, os olhos dele eram mais apaixonados. Enfim,  Inn por ser o príncipe herdeiro sofre com a pressão do pai para se encaixar e por isso se sente sufocado. Ainda mais agora que terá que casar com uma desconhecida, logo que o rapaz está apaixonado pela sua amiga.

Não sei se é o Ju Ji Hoon, mas também senti uma falta do charme do príncipe Inn. O príncipe Lee Shin, era na dele e  tinha aquele olhar “fatal”, além de ser bem engraçado ao se misturar com a loucura de sua esposa, mas nessa nova versão senti falta de mais personalidade.

“Quadriculo amoroso” foi fraquinho

Não pela Minnie, pois achei que ela fez bem a parte dela e sim foi agressiva e decidida. Já o Nakhun… Meu filho o que você fez na historia? Parecia mais um figurante que um personagem importante na trama. Sem falar que achei a atuação dele bem fraquinha, pois parecia um boneco Ken que ganhou vida. ( Sorry se estou sendo cruel, mas…). O personagem de Nakhun era o que devia balança mais o romance e dizer umas verdades na cara do príncipe Inn. No entanto, ele não tinha opinião e nem personalidade, coisa que deixou o romance sem concorrência. Isso é bom para aqueles que não querem shippar errado e pode até ser um ponto positivo, porém enfraqueceu a historia.  Gente, eu fui apaixonada pelo o Yul e ver o potencial do personagem desperdiçado foi triste.

Mais cenas românticas

Resultado de imagem para princess hours thai gifs

As produções tailandesas tem mais contato físico que as coreanas e por isso pode agradar mais aquelas pessoas que gostam de contato ~ Huum. Essa versão tem mais contato, como abraços, dormir de conchinha e por ai vai. Mesmo não tenha sentido uma química daquelas, tenho que concordar que deu para shippar o casal. E sim, vibrar quando tinha aquela cena que todo dorameiro espera.

Assim como, tem algumas cenas fofinhas para adocicar a trama. Porém, senti falta de mais humor e daquela rivalidade divertida. Certo que de romance não posso reclamar tanto, mas sou chata, fazer o que, né?

 

Cenário, Figurino e tudo bem detalhado.

Para você que acha que estou aqui só criticando, vem ai um elogio para essa versão. Achei os detalhes muito bem trabalhados, desde dos figurinos de dar inveja ao cenário cheio de flores e elegância. Essa parte conseguiu nos levar para dentro da realeza e gente olha os detalhes dessa foto acima, tudo bem caprichado.  Dar gosto só de olhar essa acabamento de tão lindo. (rsrs)

Vilã que roubou a cena.

Não achei a foto da vilã, então finge que aqui tem foto. <3

Se o Nakhun foi um figurante sem personalidade, a mãe dele cobriu em parte a lacuna. Eis que a mulher com ajudinha de mais pessoas conseguia colocar a realeza de cabeça para baixo. Embora, não tenha gostada a atuação da atriz por ser exagerada, foi uma das personagens que mais gostei. Calma, não estou no lado da vilã, porém em meio a tantos personagens sem carisma essa foi uma exceção, pois o que ela tinha de mau, tinha de personalidade.

Conclusão

Para você que não viu a versão original, pode até não consegui enxergar esses defeitos que vi em Princess Hours, pois somente comparando as versões que eles aparecem. A história é uma comédia romântica que puxa mais para o romance. Acredito que o problema da trama foi o desperdício de personagens, pois tinham muitos  com potencial que foram deixados de lado, como Nakhun e o irmão de Kaning. Princess Hours pecou por não tem um climax, passei a trama toda esperando aquele momento chegar e no fim o momento não chegou, isso também ocorreu na original. Ambas as produções deixaram a historia se arrastar perto do final, pois não era preciso aqueles 20 capítulos, dava para resumir e ir para outra direção além do drama.

Nota


 

 

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply