Olá Girafinhas

Como foi o natal de vocês? Bem, segunda-feira passei o dia mal devido ao meu exagero na ceia. Enfim…. O que deixou meu dia menos ruim foi a estreia da segunda temporada de Las Chicas del Cable. Como havia falado na resenha da primeira temporada (pode conferi aqui), essa serie foi meu xodó do ano e ainda continuo amando essa produção. Se você ainda não viu a primeira temporada recomendo não ler esse post, pois irá ver spoilers comprometedores.

Nome: Las Chicas del Cable
Diretor: Carlos Sedes
Roteiro: Gema R. Neira, Teresa Fernández-Valdés, Rámon Campos
Ano: 2017
Episódios: 8
País: Espanha
Gênero:Drama, Romance
Sinopse:Em 1929, quatro mulheres vêm de diferentes partes da Espanha para trabalhar como “garotas do cabo” (operadoras de telefonia) em uma empresa em Madri que vai revolucionar o mundo das telecomunicações. No único lugar que representa progresso e modernidade para as mulheres da época, elas aprendem a lidar com inveja e traição, enquanto embarcam em uma jornada em busca do sucesso.

 

Para quem assistiu a primeira temporada, sabe que o episodio final terminou de uma forma bem bombástica. Graças aos céus que a segunda temporada veio logo, porque precisava saber como as coisas se desenrolariam.  O começo dessa temporada não se inicia com a cena final e confesso que fiquei um pouco perdidinha. Porém, logo as coisas foram se revelando e temos um novo drama para nossas telefonistas. Vou ser bem sincera, não achei que a segunda temporada fez jus a primeira, senti como se faltasse alguma coisa.

cnet

A trama seguiu uma nova direção e parece que toda aqueles temas que tanto gostei foram meio que deixados de lado.  Por outro lado,  a serie também quis trazer mais um tabu para trama, no caso, abordou um pouco da temática dos trans no seculo 20. Não sei se foi culpa minha por ter devorado a serie em um dia, mas senti que o desenrolar foi um tanto rápido. Ok, posso está sendo dura, mas na verdade gostei sim dessa continuação e espero ansiosamente a 3° temporada.

Lídia consegue salvar os empregos das telefonistas, mas para isso teve que trair seu amado, Carlos. Agora ela tem um novo chefe e um novo cargo, sua vida estava perfeita para ter um belo recomeço, mas… Na festa beneficente da empresa, nossas 4 telefonistas acabam sem querer querendo matando Marcos. Sim, o embuste que batia na esposa, Ángeles.  Dai você já sabe que vai ter um desenrolar envolvente, porque as 4 terão de se virar nos 30 para conseguir despistar a policia e esconder qualquer prova comprometedora. Como se já não fosse o bastante, a irmã do novo chefe começar a impor regras pesadas para o “bem” da empresa. Assim como, Lídia entra em uma competição para conseguir a direção.

Primeiro de tudo,  Lídia sempre foi uma personagem que colocava a razão acima de tudo. Era seria, calculista e um tanto fria, mas nessa temporada Lídia começou a ouviu o seu lado mais sensível? Confesso que essa mudança me incomodou um pouco, sei lá, ver Lídia “sofrer” pelo Carlos, alguém que para mim nem faz falta na trama, é meio que…Sim sou Team Francisco.  No aguardo para ver a minha Lídia vingativa e poderosa de volta.

Marga nossa inocente do quarteto que não é mais tão inocente assim… Ela e seu namorado, Pablo, estão prestes a dar um novo passo no relacionamento, mas alguns desencontros e mau entendidos acabam por dificultar a vida dos pombinhos. Um dos principais motivos para a relação está conturbada, é a ex psicopata de Pablo, Marisol que não aceitou muito bem o fim do noivado. Esse trio rendeu o lado mais leve na trama e afinal esse casal dar vontade de colocar dentro de um potinho e proteger.

Resultado de imagem para las chicas del cable – 2° temporada carlota

Carlota está passando por um dilema. Após algumas suspeitas ela acaba descobrindo que sua namorada Sara se sente como homem em um corpo de mulher, ou seja, é trans. Embora Carlota seja uma personagem bem moderna para a época, foi um pouco difícil entender como a Sara se sentia. Mesmo assim, deu todo o apoio, ainda que não tenha confiado no tratamento ( e com razão). Além disso, as duas acabam deixando de lado Miguel, que passa a se sentir o excluído do relacionamento e isso vai dar um certo probleminha.

 

Ángeles que comeu o pão que o diabo amaçou na primeira temporada, agora está livre do marido. A liberdade tem um preço, ela junto com as demais, terá de conseguir ocultar o assassinato de Marcos. Nessa temporada podemos ver Ángeles mais viva, mais feliz. Sei que ela teria de se fingir de coitadinha abandonada pelo marido, mais entendo o quanto era difícil conter a felicidade dela. Estava torcendo para que ela conseguisse escapar das suspeitas, mas a amante de Marcos (mulherzinha do meu nojo), dificultou um pouco as coisas.

 

 

Conclusão

 

Las Chicas del Cable é uma serie para quem ama dramas de época e uma trama com personagens femininas empoderadas. Como havia dito a segunda temporada não fez jus a primeira. Ao mesmo tempo que a trama foi rápido demais, teve algumas enroladinhas, como no caso de Lídia e sua indecisão em relação ao triangulo amoroso. Mesmo assim, a segunda parte consegue nos prender de tal forma que só paramos de assistir no final.


Tags: , ,
18 anos de pura confusão e sedentarismo. Amo assistir filmes e sofrer por Doramas. Nas horas vagas adora ler e conferir uma serie nova na Netflix.

Related Article

4 Comments

Beatriz Martínez Janeiro 2, 2018 at 1:49 pm

Oiii ♥ Tudo bem?
Eu vi esse seu post na “Interação entre os blogs” do Grupos Blogueiros Geeks e vim dar uma passadinha aqui e estou amando o seu blog ♥ Já até curti a página do face 🙂
Li esse post mas também li a primeira resenha que você fez (para eu não ficar “boiando”) e vou comentar tudo aqui kkkk
Primeiramente tenho que dizer que AMEI essa resenha, ADOREI ter lido uma indicação de série de um país hispânico, o seu post se encaixou PERFEITAMENTE comigo pq no final desse mês eu vou viajar à Espanha por intercambio e estou procurando coisas legais em espanhol para assistir 🙂
Além disso o meu tipo favorito de produção são os de época *¬* sou apaixonada por história, e claro que eu apoio a causa das mulheres 🙂
As vezes até gosto de um desenrolar rápido pq sou muito impaciente kkk claro que nem sempre é bom, tem que ter um equilíbrio, mas gostei vc falasse desse fator 🙂
Por coincidência eu também estou assistindo uma série espanhola, se chama Isabel e é sobre os Reis Católicos da Espanha, estou gostando muito e planejo fazer um post sobre ela, se quiser eu te aviso quando eu publicar, quer? 🙂 Ele tá nos rascunhos e estou só esperando acabar os últimos episódios que me faltam p/ publicar

Beijinho e Feliz Ano Novo ☆ミ(o*・ω・)ノ
https://shyandbrave.blogspot.com.br/

    Ana Letícia Janeiro 2, 2018 at 9:35 pm

    Olá Beatriz, tudo bem? Adorei seu comentário, me deixou bastante feliz ver que gostou do meu blog e da indicação da serie. Confesso que estou com uma inveja branca de seu intercambio para a Espanha, é um país lindo que um dia quero visitar. Sim, adoraria ler sua resenha quando publicada, ok? Feliz Ano Novo e boa viajar.

    Obs: Se fizer um post sobre a viagem iria amar ler-lo. <3

Ju on the hill Janeiro 1, 2018 at 9:51 pm

Oi, Ana, tudo bem? Tive a mesma impressão que você sobre as coisas terem acelerado. Amei ver a inventividade de Ángeles, Francisco me pareceu uma pessoa beeem melhor que antes, e a atuação em geral melhorou muito, na minha opinião. Só uma coisa: o marido embuste é Mario, não Marcos…

    Ana Letícia Janeiro 2, 2018 at 9:37 pm

    Oii Ju, tudo bem? Mulher obrigada por ter me alertado, sempre confundo nomes de personagens e acabou cometendo essas gafes. Também achei que a atuação estava melhor e Francisco tive uma participação maior na trama, fora que dessa vez ele foi mais verdadeiro com seus sentimentos.

Leave a Comment

%d blogueiros gostam disto: